• Ozone

AVALIAÇÃO DO EFEITO DE OLEOS OZONIZADOS DE GIRASSOL E COCO NO CONTROLE Propionibacterium acnes


Curso de Medicina-UNICASTELO


Discussão As cepas bacterianas utilizadas neste estudo são agentes infecciosos envolvidos na acne inflamatória, que se caracteriza por ser uma doença de pele extremamente comum em adolescentes e jovens adultos. Sua patogênese é multifatorial, incluindo hiper-queratinização folicular, hiperplasia sebácea, hiper-colonização bacteriana. A bactéria Propionibacterium acnes possui um papel relevante na resposta inflamatória da patogênese da acne. Geralmente são empregados antibióticos na terapêutica desta doença. No entanto, as reações adversas causadas por esses fármacos tornam o tratamento desagradável, assim como o surgimento de resistência bacteriana. Por esse motivo, o uso de produtos naturais tem sido destaque na área de dermatologia.

O ozônio pode ser considerado como uma alternativa na terapêutica da acne. O ozônio é um potente agente biocida, capaz de inativar micro-organismos, incluindo bactérias Gram-negativas, Gram-positivas, células vegetativas e formas esporuladas, esporos fúngicos ou capsideos virais, em baixas concentrações e em curto tempo de exposição. No presente trabalho verificou-se que os óleos ozonizados de girassol e de coco inativaram as cepas de P.acnes, em concentrações que variaram entre 190 a 240 µL. A redução ou inativação da população microbiana depende da concentração de ozônio, do tempo de aplicação e dos micro-organismos envolvidos.

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo